quinta-feira, 15 de maio de 2014

DICAS DE WELLNESS OU BEM ESTAR





 DEPRESSÃO: Ela está se tornando a MAIOR CAUSA DE MORTE ENTRE ADOLESCENTES. Você sabia?

Ligada a fatores familiares, religiosos, demográficos e mesmo psiquiátricos, o fato é que ela cada vez mais ocorre entre jovens de 15 a 19 anos. No Brasil, a taxa de suicídios na adolescência subiu 20 vezes entre 1980 e 2000, principalmente entre homens e na faixa entre 15 a 24 anos. Um estudo publicado por Souza, Minayo e Malaquias (2002) demonstrou que Porto Alegre e Curitiba são consideradas as capitais com os maiores índices de suicídio registrados em jovens com idades entre 15 e 24 anos, comparadas com outras nove capitais (Belém, Fortaleza, Natal, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Vitória, Rio de Janeiro e São Paulo). Este dado torna-se alarmante principalmente porque as estatísticas sobre suicídio são falhas e subestimadas, ainda mais no que se refere a adolescentes, sendo que seus atos autodestrutivos são, muitas vezes, negados e escondidos pela família.Em 2012, 1,3 milhão de adolescentes morreram no mundo.

É sempre muito importante observar o comportamento e o discurso da pessoa. Se era bem relacionada, falante e alegre e depois, passa a ser reservada, quieta e/ou andar cabisbaixa. Se quando abre a boca é sobre questões de natureza sombria e com um discurso negativo. Se passou a ficar agressiva física e/ou verbalmente e parecendo querer esconder algo, a luz vermelha deve ser acesa rapidamente e buscar ajuda para essa pessoa antes que seja tarde demais é algo urgente.

A maioria dos sintomas da depressão está ligado à baixa autoestima, à falta de esperança e à incapacidade de lidar, enfrentar e resolver problemas. Se essa pessoa for simplesmente ignorada pelo fato da família simplesmente achar que ela (este adolescente) está apenas querendo chamar a atenção, o risco de começar a busca do suicídio já inicia, inclusive pelo uso de drogas lícitas ou não. Daí para a linha final, o suicídio, pode não demorar muito.

Um único suicídio atinge pelo menos mais 6 outras pessoas. Ele é uma das 10 maiores causas de morte em todo o mundo. Os homens são 4 vezes mais propensos a cometer suicídio em relação a mulheres que, em contrapartida, tentam mais vezes, no entanto, com métodos menos letais.

Veja se você conhece alguém com esse tipo de comportamento de risco. Ele pode ser um potencial para a busca do suicídio:


* Fazer algum tipo de esportes radicais sem muito conhecimento do mesmo e/ou não fazer uso de equipamento adequado;
* Dirigir embriagado;
* Fazer uso abusivo de drogas lícitas ou ilícitas;
* Praticar sexo de forma promíscua ( sem uso de camisinha);
* Estar envolvido em brigas constantes e/ou fazer parte de gangues.

E estes são fatores que indicam risco para uma primeira tentativa ou recorrência do comportamento suicido:
* Falta de esperança;
* Baixo potencial para buscar soluções alternativas para situações problemáticas interpessoais e pouca  flexibilidade para enfrentar situações problemáticas, ou seja, opiniões radicais;
* Se culpar por situações negativas;
* Impulsividade;
*  Problemas com sucesso escolar com alta cobrança dos pais;
* Mudanças sociais repentinas;
* Fácil acesso à armas de fogo e afins.

Pacientes com Transtorno bipolar tem 10 vezes mais chances de cometer suicídio.


MITOS

Quem quer se matar não avisa.
Um suicida quer realmente morrer.
Suicídio é covardia ou coragem.
O suicida tem que estar deprimido.


VERDADES

80% avisam que vão se matar.
O suicida não quer morrer e sim parar de sofrer.
O suicídio é visto como uma solução.


SINAIS POSSÍVEIS DE IDEAÇÃO SUICIDA EM ADOLESCENTES COM TRANSTORNO BIPOLAR:

* Humor deprimido;
* Queda do rendimento escolar;
* Aumento do isolamento social;
* Perda de interesse em atividades que antes davam prazer;
* Mudança na aparência (negligência ou desleixo com cuidados pessoais);
* Preocupação com temas relacionados à morte;
* Aumento da irritabilidade, crises explosivas de raiva;
* Alterações no comportamento;
* Desfazer-se de pertences;
* Uso de álcool, cigarro ou drogas;
* Mudança no padrão do sono e/ou apetite;
* Uso de expressões verbais “autodestrutivas”- “Queria morrer”;
* Não se importar  em fazer planos para o futuro.

COMO AJUDAR UMA PESSOA QUE JÁ TENTOU SUICÍDIO OU QUE ESTÁ POTENCIALMENTE INCLINADA A COMETÊ-LO:

* Seja um bom ouvinte! O que mais a pessoa precisa neste momento é de atenção.
* Não critique! Se não for para dizer algo que agregue, cale-se, pois o que menos ela precisa neste momento ( a não ser que seja para aumentar sua dor e seguir em frente com o plano de suicídio, é de críticas).
* Ajude-a a encontrar saídas para os problemas! Sem julgá-la ou dizer que a culpa pela situação é dela. SEMPRE!
* Não dar falsas esperanças ou fazer promessas que não serão cumpridas.
* Tirá-la do isolamento! Se esse for um dos sintomas, pois cabeça vazia é casa do diabo e neste contexto, o diabo chama-se suicídio.
* Ter empatia! Compreender que a tentativa de suicídio ou pensamentos ligado a isso não são para chamar a atenção dos outros e sim, finalizar uma dor sufocante.
* Encorajar! Encaminhá-la ou encorajá-la a buscar ajuda de um profissional ( psicólogo, psiquiatra, etc) para acelerar seu tratamento e cura.

Por outro lado, se você está desanimado, sem esperança, com baixa autoestima por não conseguir focar na sua Meta, buscá-la com o afinco e a dedicação que ela merece ou se você conhece alguém que esteja nessa situação, então contratar um bom Coach de Metas pode ser a saída. Conte comigo nessa! Juntos, vamos BEM mais longe! ;)

Bom dia!
Uma ótima vida! E...
Carpe Diem!
 





Flávia Lobo

Coach de Metas & Objetivos.
Especialista em Bem Estar com Foco em Emagrecimento, Saúde & Relacionamento.
Realize seus sonhos e conte com um Coach para isso!
O impossível só existe para quem não faz acontecer!

Sites de pesquisa: